quarta-feira, 16 de março de 2016

as cartas suicidas de meu pai & seus amigos

[não aguentei esperar
 a chuva passar ]
&
[suicídio pois sou eu,
 sêsse tu, assassinato]
&
[trabalhos
 forçábados]
&
[se eu não voltar
 em três dias,
 mandem queimar]
&
[não se espera que a gota
 sobreviva ao mar]
&
[de repente
 me sinto
 tão triste]
&
[semana que vem
 eu me organizo]
&
[dúvidas
 dívidas]
&
[aqui eu sei que é ruim
 lá eu não conheço]
&
[a vida é mel
 e as formigas
 dentadas]

Nenhum comentário:

Postar um comentário