sexta-feira, 29 de abril de 2016

Quando você fala

Quando você fala
o pulso para?
O meu bate mais forte

Fecho os olhos

Na mão o pescoço
ou braço
bicho
cobra Eu
tato
escama

Você
vibração pura
música

Entregue
Entregue-se

Vem

Veneno
O riso como água
escorre vivo
na garganta

Sem medo
Sem meio

Dedos
em mim

Frios
Depois
quentes

Queimam
Misturam
Brotam

Vem

Nenhum comentário:

Postar um comentário