quinta-feira, 7 de abril de 2016

TOMEI NO CU E ME TIRARAM O BATOM!

*imagem: campanha Shiseido
POR UM GRANDE ESFORÇO DE TRANSFORMAR PELA PALAVRA, O QUE TALVEZ SÓ PELA PALAVRA POSSA SER TRANSFORMADO.
CHEGOU O MOMENTO DE DIZER: TOMEI 
NO CÛ E ME TIRARAM O BATOM!
SE NÃO FOI ASSIM QUERO PERDER OS VÁRIOS NOMES QUE TENHO. ME FODI (LITERALMENTE) E AI DIGO.  VAI VER QUE VÃO ACABAR POR CONFESSAR QUE ESTUPRARAM  ANOS DAS MINHAS INFÂNCIAS.
ATÉ ONDE, EIS POIS A CRUCIAL QUESTÃO. A PRIMEIRA PROVIDÊNCIA (DIVINA), OBJETIVA, SERIA SONDAR A FERIDA, AVERIGUAR A PROFUNDIDADE DA CICATRIZ.
HOUVE DE MIM UMA PAUSA, NOS ARES UM GRANDE SOPRO, COMO A PRIMEIRA RESPIRAÇÃO PROFUNDA DE QUEM ACORDA PRA VIDA E NASCE DA MASSA AMORFA DE PEDRA, PÓ E TERRA, DAQUELAS QUE VÃO ADIANDO DECISÕES, DIVAGAÇÕES, DESEJOS, VONTADES E FICO SEMPRE A DIZER: AMANHÃ.
MAS ISTO NÃO SIGNIFICA QUE, NÃO TENHAMOS SONHOS E GOZOS. O GRANDE MAU É MORREREM ANTES DE PODEREM E SABEREM VIVER DE NÓS ALGUMA PEQUENA PARTE.
AQUI TERIA CABIMENTO A LAMENTAÇÃO PRIMEIRA DESTE VERÍDICO RELATO, VISTO QUE QUASE NADA ACABA POR DISTINGUIR-SE: A VERDADE E AS VERDADES, ANTES TÃO CLARAS E DELIMITADAS COM EXTREMOS DE REQUINTES, SÍLABA POR SÍLABA E UMA APÓS A OUTRA, COMO AQUI SE MOSTRAM.
AFINAL, A GRANDE E ÚNICA VERDADE É QUE O MUNDO NÃO PODE SER MORTO.
SE CADA PESSOA DEIXA NO MUNDO AO MENOS UM SINAL, CALARÃO-SE OS CÃES FUTUROS PARA A TODA RESTANTE ETERNIDADE, A VER SE COM O SILÊNCIO SE APAGAVA DA MEMÓRIA, OS FOGOS DE ARTIFÍCIOS DOS CURTOS CIRCUITOS, QUE SE NÃO CAUSOU VÍTIMAS, PORQUE SE É VERDADE QUE NÃO MORRERAM PESSOAS, UM LOBO DE MIM, PELO MENOS, NÃO ESCAPOU À FULMINAÇÃO, TORNADO CARVÃO FAISCANTE.
E PARA AQUELES LEITORES/ESPECTADORES SENSÍVEIS, SE AINDA OS HÁ, AQUELES QUE DEPOIS DE DIZER PRESENTE SE CALAM E/OU POR UM NADA SE PÕE A LACRIMEJAR E A DISFARÇAR O NÓ DA GARGANTA, ESSES FIZERAM O DE COSTUME.
QUANDO NÃO SE PODE AGUENTAR MAIS, DIANTE DA FOME EM MINH'ÁFRICA E OUTRAS CALAMIDADES COMO AS TRISTEZAS DE UMA PESSOA QUERIDA, FICAM A DESVIAREM OS OLHOS, TUDO EM ESCALA REDUZIDA, MESMO AS EMOÇÕES.
CIERRE LOS OJOS...VOY RETOCAR EL BATOM!

Um comentário: