terça-feira, 24 de maio de 2016

Repente de labareda

Gosto de palavra
que queima 
faz fogueira
traz gente em volta
que é meio
e não começo ou fim
que ilumina
desata nó

que estala
feito repente de labareda
estrala ossos
frita miolos
rompe cordas
explode no peito
que produz gastura
e tritura em miúdos
a tua loucura
aquece vermelho
concentra amarelo
que usa
e resulta
em massa cinzenta
de carne
e linguagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário