quinta-feira, 26 de maio de 2016

FRADINHO É O CARALHO, MEU NOME AGORA É BRANQUINHO PORRA!



4 comentários:

  1. Merci. Danke. Muchas Gracias. Namastê. Grato. Gisela Rao

    ResponderExcluir
  2. para mim o poema tem o poder, não diria obrigação de valer pelo questionamento, de nos surpreender e empatizar seja em qquer corpo/mente que se encerra. e v.cumpre!

    ResponderExcluir
  3. Grato por ter me lido ethel, muito obrigado, que é uma palavra desesperadamente grande!

    ResponderExcluir